Emerson Bisan - Maratonista e DM1

Momento Saúde Editora

apresenta

logo 100 maratonas
logo 100 maratonas
logo 100 maratonas
logo 100 maratonas

Esta história vai dar um livro!

Emerson Bisan disputando uma maratona

Olá!

Muito prazer, eu sou o Emerson Bisan!

Sou ultramaratonista, tenho diabetes tipo 1 e me considero um apaixonado pela vida em movimento. Acredito que fomos feitos para superar nossos próprios limites e ter uma vida grandiosa.

 

No dia 31/07/2022, vou correr a minha 100ª MARATONA! Será um marco tão importante para mim, que estou escrevendo um livro, pela Momento Saúde Editora,  para contar em detalhes esta jornada que começou em 1996, quando corri a minha primeira maratona ao lado do meu pai.

 

De lá para cá, tantas coisas aconteceram. Teve a prova de 100 km nos andes no Chile, os 90 km na África do Sul, a maratona na Disney, na muralha da China, nas cinco regiões do Brasil... Nossa, mal posso esperar para compartilhar tudo isso com você!

O LIVRO

O pré-lançamento do livro 100 Maratonas, que estou escrevendo pela Momento Saúde Editora, será em outubro de 2022, durante um evento on-line com palestras de grandes especialistas.

 

Em novembro, faremos o lançamento presencial em São Paulo, com autógrafos, fotos e muita comemoração!

 

Em breve, iremos divulgar mais informações. Enquanto isso, conheça um pouco mais sobre mim e como você pode participar deste momento especial!

DEPOIMENTOS

Já treinei mais de 500 maratonistas e diversas pessoas que tinham o sonho de correr 5, 10, 21 ou mais quilômetros. Não importa a distância ou o seu objetivo, eu te ajudo! Nos treinos, além da orientação profissional, garanto boas risadas, troca de ideias e muita emoção! Veja o depoimento de alguns dos meus alunos:

Emerson Bisan e Luciana Tanabe

Luciana Tanabe, gerente comercial

“Antes de começar a treinar com o Emerson, eu não conseguia andar um quarteirão sem ficar ofegante e tomava de 2 a 3 comprimidos por dia para tratar uma dor de cabeça constante. Com ele, aprendi a importância da regularidade nos treinos. O Emerson respeitou o meu tempo e me mostrou que eu era capaz de correr. Faz 5 anos que não tomo mais remédio e, além de gostar da corrida, senti uma melhora muito grande na saúde do meu corpo e do psicológico.”