top of page

Atleta com diabetes tipo 1 completa 99 maratonas e se prepara para correr a centésima

Emerson Bisan é ultramaratonista, tem diabetes tipo 1 e correu, no último dia 12 de junho, a 37ª Maratona Internacional de Porto Alegre. No dia 31 de julho, ele fará a centésima maratona da sua vida.



Maratona é uma corrida de 42,195 km, que requer preparo físico, força de vontade e planejamento. Completar a prova é uma tarefa difícil, mas o atleta Emerson Bisan, que tem diabetes tipo 1 há 27 anos, provou que é possível vencer essa distância não uma, mas 99 vezes! No dia 12 de junho, Bisan correu a 37ª Maratona Internacional de Porto Alegre, e terminou a corrida com uma glicemia de 99 mg/dL, resultado excelente.


“Cada prova é uma história especial, com seus próprios desafios. Nessa maratona de Porto Alegre, busquei manter o meu melhor ritmo para um resultado satisfatório e venci o percurso com a glicemia de 99, o que é incrível! Foi uma prova perfeita, com altimetria plana, clima e trajetos favoráveis, muitos corredores experientes e paisagens maravilhosas”, contou Bisan. Nesta edição do evento, que fez parte das comemorações dos 250 anos de Porto Alegre, foram mais de 15 mil inscritos (6.852 na prova masculina), de 16 países diferentes.


Bisan concluiu a prova em 4 horas e 11 minutos, um tempo ótimo para quem busca apreciar a corrida. Ele verificava a glicemia a cada quatro quilômetros e fazia a suplementação de carboidratos.


“É incrível como algo que você já fez 99 vezes continua sendo desafiador. Por isso, é preciso estar sempre atento com a qualidade do descanso, da alimentação e o preparo físico. Fiquei muito satisfeito com o resultado e com o controle da glicemia”, comemora.


Agora, Bisan se prepara para realizar um dos maiores sonhos da sua vida: completar 100 maratonas. O feito era para ter sido concluído em 2020, mas a pandemia de Covid-19 adiou a realização de eventos, incluindo as maratonas. Para compensar, o atleta acrescentou mais uma etapa neste desafio: escrever um livro contando sobre as 100 maratonas. “Estou escrevendo este livro no mesmo ano que completarei a centésima maratona porque quero comemorar este grande sonho que está prestes a ser realizado e dividir com meus familiares, amigos e todos aqueles que amam esporte”, disse Bisan.


O livro 100 Maratonas: muito mais do que correr, uma missão de vida será lançado em novembro de 2022 pela Momento Saúde Editora, com o patrocínio máster da Meiwa Care e o apoio da Momento Diabetes.


“Escolhemos novembro para lançar o livro sobre as 100 maratonas porque é o Mês Mundial do Diabetes, em que trabalhamos mais fortemente as ações de prevenção e conscientização sobre o diabetes. Mas até lá, quero que as pessoas participem da construção desta história. A maratona 100 será no dia 31 de julho e convido a todos para correr comigo, nem que seja somente no último quilômetro”, declarou o atleta, que também é ultramaratonista e treinador.



Diabetes e o sonho das maratonas


Quando cursava o primeiro ano da faculdade de Educação Física, Emerson Bisan foi diagnosticado com diabetes tipo 1, uma doença autoimune, sem cura, na qual o pâncreas do paciente para de produzir insulina. Com isso, a pessoa precisa aplicar insulina várias vezes ao dia, monitorar a glicemia regularmente e seguir um tratamento individualizado.


“Meu maior medo ao ser diagnosticado com diabetes era de nunca mais poder correr. Mas descobri duas coisas importantes: que a atividade física é fundamental para controlar a glicemia e que, naquela época, o nadador com maior número de medalhas de ouro em uma mesma olimpíada tinha diabetes tipo 1 [Mark Spitz ganhou 7 medalhas de ouro durante os Jogos Olímpicos de Munique, em 1972]. Isso me motivou a nunca desistir dos meus sonhos”, conta o atleta, que correu a primeira maratona em 1996, ao lado do pai, Daniel Bisan.


Desde então, Bisan decidiu que jamais se faria de vítima por causa de sua condição de saúde. Em vez disso, buscaria ser o melhor em tudo o que fizesse e passou a direcionar sua carreira para orientar e treinar outras pessoas, com e sem diabetes, na realização do sonho de correr. No livro 100 Maratonas, que será lançado em novembro de 2022, ele promete contar algumas dessas histórias.


Comments


bottom of page